sábado, 12 de novembro de 2016

FINALMENTE

Estamos, tu e eu, esta noite, e finalmente, frente a frente
para o encontro há tanto sonhado.
Os nossos olhos afagam os nossos corpos
e desvendam segredos e anseios
que desejamos imensamente dizer um ao outro e satisfazer.
 
Aproximas-te e embaraças-te no meu corpo impertinente
beijas o rosado dos meus lábios
e quando sentes da minha parte, pressão
afastas-me, sentido, mas decidido
como que a querer demonstrar-me, que não tens pressa.
 
O desejo arrebatador, o nosso, deve manter-se à distância
no ritmo ideal de seiva controlada
estar no ponto, disse-te, com subtil firmeza.
Afastaste-me, de novo, com ligeireza
mas, por artes e manhas, o meu vestido foi caindo ao chão.
 
Viste, então, pela primeira vez, os meus seios redondinhos
que apalpaste com as mãos
enquanto que os seus mamilos assomados
despertaram em ti vontades múltiplas
de os esfregar, os amarrotar e esmagar, sumptuosamente.
 
Mas não, não o realizaste, ao contemplar bem o meu olhar
antes os acariciaste, suavemente
usando a língua e os lábios semicerrados
e eles, ávidos, deixaram-se beijar
enquanto o meu corpo frouxo, se entregava, entusiasmado.

Com as minhas duas finas mãos, tentei erguer-te a cabeça
para, reconhecidamente, te abraçar
mas tu resististe a esta agradável tentação
e continuaste a circular com a língua.
No entanto, e como que por artes mágicas
caíste de joelhos, a meus pés, já não dando para aguentar.

Calcorreaste-me, de alto a baixo, e nem um só poro faltou.
Beijaste-me a adoraste-me os pés
as pernas, as coxas, as virilhas, que lambeste
e pressionaste-me para que afastasse as pernas
e te deixasse olhar a gruta, com estalactites e estalagmites.

Paras, e começas a analisar e a radiografar bem o meu olhar
como que pedindo autorização para a penetração
mas agora sou eu quem te agarra a cabeça
puxando-te para cima, beijando-te sofregamente.
Agora sim! O beijo é mais demorado e mais aprofundado
e a minha língua gosta de ser provada e aprisionada
na tua boca, que a sabe saborear e refrescar
de maneira que, não se importa nada de para lá se mudar.

Abraçados e embrulhados, ambos rolando um pouco às cegas
acercámo-nos, bem rapidamente da cama
onde me deitaste de costas, idolatrando o meu corpo
até que o cobriste de beijos e carícias duplicadas
às quais não resisti, permitindo que fizesses de mim
uma mulher ainda mais ardente, esfomeada e destrambelhada.

Tomei agora o comando e beijei-te, de novo, mas por etapas
e fui descendo, lenta, como que a castigar-te
pelo tempo que me fizeste, por vingança, esperar
e quando entendi e me apeteceu, pus os meus lábios
na glândula rosácea do teu apetitoso sexo
com jeito, sensibilidade, extraordinária perícia e sensualidade.

Beijei-a e saboreei-a, demoradamente, e quase fiquei parada
humedecendo-a e refrescando-a com a língua
retardando o inevitável apogeu, o clímax.
O prazer subiu-te pelo corpo, e eu, vingativa, não parei
e com a língua e os lábios semicerrados
abracei o estame que massajei, lenta e velozmente
e que ameaçou deitar fora o gozo há tanto tempo embalsamado.

Esforçaste-te imenso, eu sei, notei, para que tal não sucedesse
e vendo eu a tua excitação, doida, incontrolada
com o firme e sagrado propósito de retardar a entrega
subi ao teu corpo, encavalitando-me, sem rede
e com cuidado extremo, máximo, embora demasiado lento
para o nosso estado de convulsão
fui encaixando, de forma tépida, o teu androceu no meu gineceu.

Uma flor ainda apertada, quente e húmida, mas tão motivada
o que denota, que estava pronta para te acolher.
O ambiente da minha casa e do quarto, em particular
ajudou toda a ação, a entrega e a doação
e eu tinha tido o cuidado de preparar o cenário
colocando, de propósito, laços vermelhos nos candeeiros
o que dava aos nossos contornos, luxúria
umas velas de aromas da natureza, diversificados
e tudo isto associado a uma viril música ambiente. É indecente!

Os nossos corpos identificaram-se, logo, logo, um com o outro
falaram a mesma Língua, mesmo sem falarem
e comportaram-se como se conhecessem há muito
desde o Paraíso, do tempo de Adão e Eva.
A luz da lua espreitou e penetrou por entre os cortinados
acelerando ainda mais a excitação e desejo
e tu como criança, cavalgaste em mim, inconsequentemente
puxando as rédeas, pronunciando ais roucos e loucos
e eu ajudando à festa, apertei as tuas nádegas com as mãos
beijei, lambi o teu rosto suado, cansado, mas aliviado
enquanto, se fez ouvir, um suspiro prolongado
enchendo de luz, excitação e satisfação, este e muitos mundos.


CÉU

139 comentários:

  1. Que maravilha de inspiração!!!
    Bjbj Lisette

    ResponderEliminar
  2. Céu, o nosso céu, céus!... Que loucura!... Eu gozo, por gosto, o gozo doce do amor em imagem e imaginação; o sonho subliminar. E dentro do peito ainda senti a certeza de estar vivo. Lindo poema - real e preciso por ser preciso ser real, embora a fantasia sob o "véu diáfano" da ilusão nos dê a dimensão do ato consumado "ao vivo e em cores". Parabéns, poetisa lusa, que descobri e a adoro! Meu abraço fraterno. Laerte (Silo)

    ResponderEliminar
  3. És tão criativa Céu. Mas um maravilhoso poema. Bom fim de semana, beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Ufa!
    Simplesmente fantástico, ardente, apaixonante em cada palavra e ao som dessa música, tudo se encaixando perfeitamente! Fiquei sem fôlego, Céu! Céu não, céus, assim você me mata!

    ResponderEliminar
  5. Olá minha querida amiga
    E depois de tantas preliminares, desejos contidos, uma espera dolorosamente controlada aguardando o momento sublime e finalmente o apogeu entre suspiros e delírios o amor venceu
    Belíssimo poema Céu aliás como todos que você escreve com maestria
    Preparas o majestoso cenário, narra com poesia a encenação e leva o leitor ao clímax da leitura
    É um deleite a sua afogueada poesia
    Uma linda nova semana plena de bênçãos e alegrias
    Beijos com meu afeto e carinho

    ResponderEliminar
  6. No teu melhor!Esse «ele» pode sentir-se feliz...
    bj

    ResponderEliminar
  7. Céu acredito que tanta magia e artes e manhas se tenham conseguido graças a esse cenário:
    ....e eu tinha tido o cuidado de preparar o cenário
    colocando, de propósito, laços vermelhos nos candeeiros...
    deixo aqui o testemunho da minha passagem pela leitura dos teus versos fortes de sensualidade
    abraços amiga

    Angela

    ResponderEliminar
  8. Sensual y hermosa pasión.

    Me alegra volver a leerte.

    Un beso. Feliz domingo.

    ResponderEliminar
  9. Li tua poesia cheia de beleza e sensualidade ouvindo a música.Ficou linda! Vim te agradecer o carinho lá e ri com tua participação nos TAMANCOS<rs... bjs, linda semana! chica

    ResponderEliminar
  10. Congratulations, Miss Céu!

    Perfeito! Poema rico de pormenores, vestido de mil toques e retoques.Sensibilidade bem balanceada com ritmo e bom gosto. Nota 20.
    Um abraço de muita amizade,

    ResponderEliminar
  11. Bom dia e bom domingo, querida Céu.
    Tive que esperar alguns minutos para poder escrever este comentário. Na verdade você descreveu de forma maravilhosa estes versos e duvido que algum homem não fique excitado lendo sua poesia! Começou pelos seios e relatou todo relacionamento, descrevendo partes dos corpos envolvidos, num gostoso momento de amor! Você faz uma obra de arte da sexualidade, que algumas pessoas veem como vergonhoso, porque não entendem o verdadeiro sentido do sexo!
    Não podia deixar de elogia-la, pelo magnífico bom gosto na escolha da música para ilustrar seu poema! É bem verdade que até julgo ser covardia, uma mulher tão linda, com uma voz de beleza incomum, cantando...Quem não ficará apaixonado??? Minhas defesas de nada adiantaram. Fiquei dominado já desde as primeiras notas da melodia!!! Agradeço sua carinhosa visita e desejo um ótimo domingo e uma semana onde o doce sabor da felicidade faça parte de seu cardápio!
    Beijos!

    ResponderEliminar
  12. Boa tarde Amiga Céu.Antes de mais. Musica soberba, Divina.
    Encaixa na perfeição neste extensivo mas, magistral poema, que fechou com chave de ouro, como sempre. Parabéns

    Não obstante, é sempre difícil comentar os seus poemas, pela sua qualidade.

    Beijo
    Bom Domingo.

    ResponderEliminar
  13. E finalmente após tanto prazer chegaram ao sentimento mais profundo que é a sensação de amar e saborear
    mutuamente os desejos dessa entrega total e absoluta.
    Céu,só você para escrever com tantos detalhes esses momentos prazerosos.
    Parabéns pelas palavras escritas.
    Bjs,feliz final de domingo e uma ótima semana.
    Carmen Lúcia

    ResponderEliminar
  14. Jennifer Rush _ The Power of Love, um clássico da mais romântica e saudosa Pop dos idos 80's. Muito boa escolha.

    O poema "Finalmente" fala sensual, erótica e aliciantemente por si só! Muito bom! Parabéns, Céu

    Beijo e uma excelente semana

    ResponderEliminar
  15. Música & poesia harmoniosamente compondo o cenário por aqui...adorei!!
    abraços carinhosos diretamente do meu Cotidiano.

    ResponderEliminar
  16. Este som de página é fantástico!
    Sua escrita repleta de emoção e emoções são um regalo de leitura!!!
    boa semana

    Gosta de mar e de provérbios?
    Veja aqui uma selecão deles:
    http://mgpl1957.blogspot.pt/2016/11/proverbios-com-sabor-maresia.html

    ResponderEliminar
  17. O desejo ardente que leva à entrega total.
    Muito bonito.
    Beijos, boa semana

    ResponderEliminar
  18. Pensei que já tinha comentando mas algo falhou!
    Sua escrita é um misto de emoções!
    ...
    Quanto aos provérbios...em tempo de aulas...pedíamos aos alunos que os trouxessem de casa...numa de sabedoria popular e depois eram trabalhados em contexto de aula!
    A recolha dos provérbios sobre o mar...foi realizada na Internet...embora já conhecesse alguns!
    Boa semana e obrigada pela visita!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa semana amiga e se gosta de olhares outonais:
      Por aqui há novidades:
      https://mgpl1957.blogspot.pt/2016/11/olhares-e-pensamentos-outonais.html

      Eliminar
  19. Olá, CÉU.

    Finalmente, afinal mesmo! Saciaste a abstinência poética de seus leitores. Mas, valeu esperar tanto por essa avassaladora, devastadora, arrebatadora, superlativa postagem. Adjetivos à parte, esses versos envolventes e sedutores, nos fazem viajar na cena caliente do consumar de quereres abrasadores. Como de costume. Estás de parabéns, sobra-te talento nesse estilo poético.

    Um abraçãozinho e uma boa semana.

    ResponderEliminar
  20. Desejo e sensualidade misturados só podia dar este magnifico texto repleto de emoções e sensações.
    Um abraço e boa semana.
    Livros-Autografados

    ResponderEliminar
  21. Obrigada pela explicação!
    É que estou com dificuldade em postar!
    Já selecionou um...excelente!
    Bj amigo e até um dia destes

    ResponderEliminar
  22. Belo e picante texto!

    Beijos.
    www.dilemascotidianos.blogspot.com

    ResponderEliminar
  23. A postagem já chega nos trazendo a beleza de um vídeo com uma das músicas românticas das mais belas. Gostei da interpretação da Jeniffer Rush, mas também aprecio esta música com a Celine Dion. Inclusive tem um show onde as duas interpretam esta música, momento belíssimo. The power of love foi trilha sonora de muitos filmes românticos, inclusive Uma linda Mulher e Muito bem Acompanhada.
    Enfim, Céu, é o poder do amor se manifestando na vida de um casal, o poder da música a nos florir a alma e cenas de filmes românticos a nos encantar o olhar e perfumar o coração. Tudo de bom e bonito que o amor faz florescer na vida das pessoas.
    Tudo de bom, bonito, lírico, sensual, erótico, em mais um dos teus magestosos poemas, onde as emoções, sensações e sentimentos se mesclam para unir dois seres que juntos vão viver deliciosos momentos de amor. Tu sabes, como ninguém, desencadear, desenrolar, desenvolver situações que ao final sempre inundam “de luz, excitação e satisfação, este e muitos mundos.”
    Num beijo carinhoso fica o desejo de que a semana te chegue plena de realizações.
    Leninha

    ResponderEliminar
  24. Emocionante seu texto , cheio de adjetivos picantes e imaginativos. Só faz bem aos olhos e alma de quem os lê e se rende aos seus encantos. Estou ausentes há alguns dias da net. Pequenos contratempos que me fez interromper o ciclo de assiduidade nas postagens e atenção aos meus amigos seguidores. Peço perdão por isso agradecendo o carinho. Abraços querida Céu.

    ResponderEliminar
  25. Mi muy querida CEU

    Caliente!!! Caliente!!!

    Y nuestro padre Adán que diría cuando expresas "Se identificaron nuestros cuerpos, en breve, una con la otra hablaban la misma lengua, incluso sin hablar y se comportaron como si supieran mucho
    del paraíso, en los tiempos de Adán y Eva"

    Wow!!! grandes ligas.

    Un muy fuerte abrazo!!

    ResponderEliminar
  26. Olá! Que dança espetacular entre as chamas que envolvem os corpos! Muito belo! abração

    ResponderEliminar
  27. Mais uma história bem sensual e muito bem narrada.
    Uma boa semana, querida amiga Céu.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  28. Bem o disseste, Céu: FINALMENTE! Finalmente voltas a nos presentear com um dos teus belos textos, onde a sensualidade a o amor passeiam de mãos dadas... e com os corpos ardentemente entrelaçados!;) Belo texto, minha amiga; boa semana!

    ResponderEliminar
  29. Olá maravilhosa Céu.
    Ontem saí com Sandrinha para um belo passeio que na verdade realizamos seguidamente pela Rota Romântica, curvas sinuosas, aclives e declives de tirar o fôlego e o encantamento de percorrer pelo meio de belíssima mataria multicolorida que margeia a estrada e estende-se morros acima e morros abaixo, afloramento rochosos entremeados a casa coloniais e belíssimos estabelecimentos comerciais que surgem inesperadamente em alguma curva, num espetáculo maravilhoso e de exuberante beleza, que nos faz sonhar, encantados dentro de tamanha magia e agora, depois de alguma espera vejo-me encantado com teu tão belo poema, rico, maravilhoso e também mágico. A música que escolheste como fundo, também nos remete ao sonho, um sonho que deveria ser eterno. Parabéns. Fico honrado em lê-la.
    Belíssima semana e que nos brinde mais vezes com teus fascinantes escritos.

    ResponderEliminar
  30. Menina, haja fôlego, inspiração, e controle nas hormonas para não se perder pelo caminho, neste belo e erótico épico.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  31. Querida Ceuzitamiga

    Um poema que para mim só tem um desgosto: acaba. Podias prologá-lo até à eternidade que eu continuaria a lê-lo, a saboreá-lo, a mastigá-lo passo a passo. Isto é sensualidade pura, misturada com exaltação, com êxtase, com erotismo até atingir o climax. Mas, não podia, não devia acaba aqui, porque assim é o assassinato do leitor, é o revolver do punhal nas nossas entranhas, é o hara-kiri feito pelo próprio em nome da poesia criminosa.

    É belo; é muito belo; é belíssimo e insinuante porque se insinua por cada poro da poeta (odeio a palavra poetisa..) mas também por cada poro da pele do leitor que se arrepia. Minha querida Ceuzitamiga: há muito tempo que não me sentia enrolado nuns versos. Tu fizeste-o; muito obrigado.

    ==================================== AVISO ===========================


    PINTAROLAS E FUNERAL
    Já tinha começado a fazer o anúncio do artigo DENTES PARA O BOLO DE CREME (que faz parte da saga da Alzira) que, porém, não chegou a todos os bogues; por isso o repito agora e aqui.
    Entretanto, uma antecipação: o próximo texto da mesma saga Alzira mete FUNERAL. E por agora nada mais.
    Qjs & abçs – Henrique, o Leãozão


    ResponderEliminar
  32. Amiga mia,en mi ánimo no esta el faltarle el respeto a nadie,menos a ninguna mujer,esa fotografia se consiguio hacer,viendo el trabajo de un barrendero

    Un fuerte abrazo

    ResponderEliminar
  33. É AGORA!

    Já te amava em sonho,
    Ó estátua majestosa
    E de joelhos me ponho
    Pra lamber-te a saborosa

    Mão, de nívea feição,
    Plena de luz e fulgor,
    Prolongada conjunção
    Com peito cheio d'amor

    Já me sinto penetrando
    As terras inusitadas
    Onde somente os brandos
    Têm morada declarada

    Através desses buracos
    e frestas da consciência
    Que os céus me lancem sacos
    E sacos de paciência

    Sacra luz do meu amor
    Iluminai esta rua
    Se carrego tanto ardor
    Que me importa superlua?

    Pessoal autonomia
    Vem-me à mente nesta hora
    É preciso astronomia
    Para ver aluz da aurora?

    Sensação enriquecida
    No corpo vitalidade;
    Virilidade escondida
    Vai-se e só deixa saudade

    Só me assusta este segredo
    Ao apagar esta chama:
    A gente fica com medo
    De destruir o que ama!

    Kisojn.

    ResponderEliminar
  34. OI CÉU!
    DE SE LER DE UM FÔLEGO SÓ, DADA A SENSUALIDADE QUE IMPRIMES EM TEUS ESCRITOS, AMIGA.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  35. Ufa!
    Haja coração e calma para acompanhar este alucinante ritmo!
    Beijo

    ResponderEliminar
  36. Minha Nossa Senhora! Vixe Maria! Q coisa mais doida de bunita, sô! Arrepia até a alma, acredita? Eu acho q vc quer é isto mesmo, migucha, nos fazer arrepiar o corpo, a alma da ponta do dedão do pé até a pontinha do nariz... Nossa! Até encalorei! Agora sim, vai ser difícil esperar dezembro chegar, dificílimo. Vc vai ser responsável por qquer desastre q vier a acontecer daqui pra frente, viste? kkkkkkkk
    Pronto, já passou o suadouro. Mas olha Ceuzinha, descobri pq vc só posta praticamente de mês em mês. Vc esgota a gente, minima, e sabe disto. Agora acho q já posso ir trabalhar, ufa, até deu tremedeira nas pernas. Q o nosso amigo se cuide, pois se eu encontrá-lo agora pela frente, sei ñ, sai de perto, sou capaz de uma loucura logo de manhãzinha, kkkkkkkkkkk
    A música, o vídeo... Uai, tinha isto por aqui???????
    Bem migucha, já me vou, beijocas e um dia daqueles pra vc, cheio de pensamentos bons... mais ou menos, viste?
    Fui!

    ResponderEliminar
  37. Olá. Isso é que é ser uma mulher apaixonada. Bonitas palavras! Quanto ao Donald Trump, espero que ele desista da presidência daqui a uns meses....lol. Não gostei dele nem de o ouvir, aquando da campanha eleitoral. Ele só ganhou porque a outra candidata era Mulher.. beijos e um abraço. tudo bem consigo?

    ResponderEliminar
  38. Céu! Pensei eu aqui, por alguns instantes, que toda a inspiração amorosa e sensual, dos apaixonados e amantes, pairou no teu céu, não?

    É uma leitura, é um sentir, que mais parece um filme, com imagens e sons, aromas, que começamos a ler devagar e vai acelerando, é assim, minha Céu. Sempre surpreendendo, com tanta riqueza de palavras e poesia.

    Verdadeiramente delirante e fascinante. E nós, os leitores, ficamos presos na tua inspiração poética, amorosa e sensual. Para suspirar, em busca de um leque.

    Deixo muitos beijinhos e abracinhos, mia cara amica, até breve!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando leio as tuas linhas, sempre deixo o vídeo tocando e viajo, sabia? E hoje, cheguei para além de te dar um beijinho, um abracinho e desejar um feliz final de semana, dizer que adorei ouvir e sentir este vídeo. Muito bem, minha amiga, uma bela e apropriada combinação por aqui, como sempre.
      Mais beijinhos.

      Eliminar
    2. Ola querida minha! Bella Céu!
      Trago um beijinho, de boa noite e um abraço, forte!
      Os passarinhos estão em uma conversa assim, tal como tu pensaste, eu pensei. Logo, haverá ninho e ovinhos, ahaha.
      Mais um beijinho.

      Eliminar
  39. Olá Céu!
    Sem pressas que assim tem de ser porque a pressa é inimiga da perfeição n'est pas?
    E essa lua que tem a mania de espreitar por onde não deve?!
    Lindo como sempre.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  40. ¡Hola, CÉU!!!

    ¡Ay mi querida amiga! Ere única y te dejo un aplauso prolongado por tu bellísima imaginación, has sabido plasmar y describir cada instante cada detalle de una escena amorosa, sexual y casi erótica, a la perfección, momentos tan maravillosos en el que deseamos que el tiempo se detenga. Todo un lujo, reina: eres una privilegiada y es un privilegio leerte.

    Me ha encantado y ha sido un place pasar por tu casita virtual.
    Te dejo mi gratitud e inmensa estima.

    Se muy -muy feliz.

    Estoy pasando por una ansiedad y no estoy en mi mejor momento. Gracias por tus palabras.

    ResponderEliminar
  41. Se me pasaba, decirte que el vídeo es una preciosidad, me encanta esa canción y vaya voz que tiene la Artista que la canca. Chapó, reina. Todo un lujo.

    Un beso.

    ResponderEliminar
  42. mas que sedução tão bem escrita. amei. bjus

    ResponderEliminar
  43. Gracias por pasar por mi espacio y permitirme asi, conocer el tuyo. Tus letras son bellisimas,. Un enorme placer.

    ResponderEliminar
  44. Como ja disse, é increíble cómo podes dar de ti en tan longos poemas eróticos que nada se asemelhan entre sí e son novos cada vez, con nova energía e pasión. Moitos parabéms e que nunca se esgote esa fonte de fantasía e imaginación. Aperta grande.

    ResponderEliminar
  45. Bons dias, Céu!
    Sabes garimpar com esmero músicas lindas, que emolduram cada poema teu com ainda mais sensualidade.
    Nesse bailado erótico que nos ofertas, viajamos nas lembranças de nossos próprios momentos amorosos...pois cada um a seu jeito e personalidade, quem não ama versos tão bem escritos e voluptuosos?
    Noto sempre que mesmo em meio ao frenesi da entrega, nunca esqueces do romantismo, nos detalhes do aposento ou da vestimenta, nos gestos, nas emoções. Assim, o prazer carnal é sempre equilibrado com o tempero do coração.
    Desejamos um belo final de semana, com muitos motivos de alegrias!
    Bíndi e Ghost




    ResponderEliminar
  46. Um poema excitante que mexe com a imaginação humana. Assim, atrevo-me a deixar um pequeno e simples poema em homenagem a tão bela obra poética que, aqui, acabei de ler
    .
    Senti como suas mãos navegavam em mim
    Acariciando meu corpo em arte medieval
    Dizendo que minha pele era doce alecrim
    Entre beijos molhados de língua sem igual
    .
    Seus seios se empolgavam em excitação
    Trémulos dançavam como folha ao vento
    Eram pérolas que seguras em minha mão
    Enalteciam o deleite do meu pensamento
    .
    Seus mamilos endurecidos pela humildade
    Servos de meus lábios que por felicidade
    Os apertavam como a noiva aperta seu véu
    .
    Em corpo suavizado em melado pensamento
    Fazia vaguear meu corpo em doce alimento
    Como alimento é a doçura da áurea do Céu
    .......................................
    Com todo o respeito e admiração

    Um abraço

    ResponderEliminar
  47. Olá querida amiga Céu, td bem?
    Por aqui td razoável, caminhando como Deus quer. Estou passando aqui para dizer que atualizei o meu blog hoje e também para lhe desejar um excelente final de semana! Volto com mais calma para ler e comentar o seu poema.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  48. Olá CÉU, boa noite.
    Passando para lhe desejar um feliz fim de semana

    beijinhos

    ResponderEliminar
  49. Espero que seja agora, terceiro comentário, os outros com o entusiasmo desapareceram antes de dar o publicar.
    Aceito, é muito forte ler e ficar quedo e impassível, não sentir um fogo bom a tomar conta de nós. Cálculo como será com quem o pensa e o deixa aqui para nos deleitar.
    Obra prima, marca Céu, para ao céu nos transportar.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  50. A paixão da descoberta descrita pelas tuas palavras sublimes, parabéns!
    Quando se pensa num primeiro encontro de apaixonados, é assim que se imagina: a aventura, a sofreguidão, o êxtase... tudo!
    Excelente!
    E a música, mesmo a calhar (faz-me lembrar a minha idade das paixonetas violentas e sofridas, a adolescência)
    Beijinhos e bom fim de semana :)

    ResponderEliminar
  51. Sempre um mimo, uma delicia andar por aqui e tentar interpretar, viver, sentir as propostas de seus contos adoro este deleite e o tio Castanha deixa pra vc bjinhos e bjinhossssss

    ResponderEliminar
  52. É bem bonita, a canção!

    Saudações poéticas!

    ResponderEliminar
  53. Hola Ceu! Tus palabras en encendidos, versos recuerdan pasiones que nunca queremos olvidar.
    Besos y feliz domingo.

    ResponderEliminar
  54. Bom dia, querida Céu.
    Hoje será um domingo maravilhoso! Sua visita é motivo de alegria para mim. Seu comentário me deixa comovido e emocionado! A menina que que canta a melodia, Porque Partiste, tem uma voz agradável e eu gosto muito de ouvi-la cantar. Me parece um anjo que escapou do céu e está entre nós...
    A letra fala de um amor que foi embora e deixou saudades, nas flores que secaram, mas o perfume ficou guardado em seu coração. A última estrofe diz assim: "O tempo encarregou-se de dizer-me / Porque partis-te, mas custo acreditar / Sei apenas que o amor não merece / de quem se ama tão longe ficar...".
    Como você sabe, meu ponto fraco e ouvir e ver mulheres cantando. Você esta incluída neste contesto, não sei se canta, mas escreve lindos poemas e isto também me fascina!
    Por aqui temos uma variação de temperaturas bastante acentuadas. Enquanto no sul faz 5 graus, no norte faz 35 graus.
    Quero que tenha um bom domingo e uma semana agradável!
    Beijos!

    ResponderEliminar
  55. Bom dia CÉU,
    Poema cheio de sensualidade, escrito com elegância. Foi um deletei-te para mim nesta manhã de domingo.
    Obrigada pela visita. Gostaria de segui teu blog, mas não descobri como fazer.
    Volto para ler-te!
    Bom domingo.

    ResponderEliminar
  56. Gostei muito do texto e muitissimo do video.


    A minha querida amiga, sabe que não é por ser breve nos comentários que não a admiro.

    Bisous, ma chérie

    ResponderEliminar
  57. Sempre partilhas uma parte de ti, dos teus sentires, das tuas vivências. Se disser que é um Poema soberbamente belo, fico, seguramente, a meio caminho. Mas vale o Amor.


    Beijo
    SOL

    ResponderEliminar
  58. amiga Céu das paixões vibrantes sem fim! venho agradecer a tua visita ao meu blogue, olha que o metro de Lisboa tem estações muito bonitas que homenageiam a arte tipicamente portuguesa dos azulejos :)
    esta musica é mesmo muito linda, faz vibrar os sentidos no sentido do eu poema:)
    que o amor viva :)
    abraços
    Angela

    ResponderEliminar
  59. Sempre boquiaberto e de queixo caído com essa tua intensidade. Haja sentimentos ... "Calcorreaste-me, de alto a baixo, e nem um só poro faltou." Arrebatador ....
    Beijos, CÉU.

    ResponderEliminar
  60. Olá, CEU.

    Percebo o quanto escreve bem. Acho que deveria publicar um livro reunindo seus textos, os quais são carregados de emoções e sensualidade em ricos detalhes.

    Parabéns!

    ResponderEliminar
  61. Tienen mucho mérito tus poemas.
    No es fácil mantener tan alto nivel siendo tan extensos.

    Saludos.

    ResponderEliminar
  62. Ai Meu Deus do Céu... sem trocadilhos eu diria... aiii Meu Ceu de Deus...
    Que texto fantástico... que momento íntimo maravilhoso, descrito com as cores da poesia, para tingir de paixão o amor entre um homem e uma mulher...
    Coisa de cinema... texto altamente erótico, com o tom da intimidade e da paixão.
    Momento único. Imorredouro. Fantástico... excitação a mil por hora....

    O momento dele:
    Calcorreaste-me, de alto a baixo, e nem um só poro faltou.
    Beijaste-me a adoraste-me os pés
    as pernas, as coxas, as virilhas, que lambeste
    e pressionaste-me para que afastasse as pernas
    e te deixasse olhar a gruta, com estalactites e estalagmites.

    O momento dela:
    Tomei agora o comando e beijei-te, de novo, mas por etapas
    e fui descendo, lenta, como que a castigar-te
    pelo tempo que me fizeste, por vingança, esperar
    e quando entendi e me apeteceu, pus os meus lábios
    na glândula rosácea do teu apetitoso sexo
    com jeito, sensibilidade, extraordinária perícia e sensualidade.

    E ambos se fizeram um do outro... androceu e gineceu, gerando mais uma pétala de amor...
    MARCANTE!!!!

    ResponderEliminar
  63. Minha amiga, porque me pediu um poema de amor, venho só dizer-lhe que em 25 anos de livros editados o que mais fiz foi poemas de amor. E mesmo os que não parecem também são de amor... Andam todos pelo meu blog.
    Uma boa semana.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  64. Seus textos são tão românticos, picantes e sedutores e lê-los com essa canção é mais intenso ainda! haha
    Saudades de você, como está? Espero que bem. *--*
    Beijos. ♥

    Diário da Lady

    ResponderEliminar
  65. Boa semana, Céu; aguardo o próximo post.

    ResponderEliminar
  66. Muchas gracias por tu visita a mi blog de poesía para niños. Te invito a leer el otro de poesía para adultos.
    Un beso. Andrés
    http://andreszuniga-escritor.blogspot.com.ar/

    ResponderEliminar
  67. Céu, espero que esteja tudo bem contigo. Vim te desejar uma semana iluminada de alegria, de paz, de realizações, com horas muito agradáveis a percorrer os teus dias.
    Criei coragem e estive na fazenda junto da família e de alguns amigos. Levei uma de minhas "crianças", pois sabia que não conseguiria voltar aos lugares preferidos por mim e pelo Guy se não tivesse um suporte para ancorar minhas emoções. Como bem sabes, a criança tem o dom de observar tudo com um olhar diferente do adulto, nos faz enxergar novos ângulos de um mundo que já conhecíamos, coloca cores, luz, e uma beleza diferente em paisagens onde um olhar saudoso e triste poderia desbotar cores, apagar o brilho, desinventar a beleza... Ver paisagens conhecidas sendo levada pela mão de uma criança nos faz (re)descobrir tonalidades, escutar com atenção a canção do universo que pulsa no trinar dos pássaros e nas cores de borboletas e flores que enfeitam jardins, que vibram nos parques, que iluminam o olhar dos idosos e nos refresca a memória para buscar dentro de nós o nosso ser criança que muitas vezes deixamos esquecidos... Foi com este olhar novo que pude (re)visitar os recantos que um dia o Guy denominou de "nosso paraíso".
    A saudade estava ali presente entre tantas recordações, mas as observações infantis me faziam ver que as paisagens e os recantos observados poderiam ainda absorver outras lembranças, registrar na memória outras sensações e experiências. E assim, Céu, eu pude percorrer os mesmos caminhos de antes com um olhar mais amadurecido, envolto em lembranças sim, mas sem a bagagem da tristeza ou o peso do sofrimento a me toldar o olhar.
    Agora eu acredito, minha amiga, que Deus não me abandonou, apenas deixou que eu percorresse sozinha um trecho do caminho onde Ele sabia da minha necessidade de extravasar mágoas, tristeza e revolta, até que em determinado momento eu pudesse olhar novamente para o alto e ver que nunca estive sozinha, mesmo naqueles momentos de dor maior, de sucumbência ao desânimo, de desesperança, havia sempre o reflexo do bondoso olhar do Pai sobre mim.
    Acredito, Céu, que agora esteja pronta para olhar o futuro com um olhar mais promissor, de tocar as minhas obras com um novo entusiasmo e voltar a sentir prazer em todas as situações que ainda tenho para viver, e não apenas nos momentos em que ajudo a trazer uma criança ao mundo.
    Estou mais confiante, mais determinada, com muitos planos pela frente. E acho que já está na hora de transformar as lágrimas em estrelas e deixá-las ir em busca do infinito, lá naquele lugarzinho iluminado onde eu acredito que o Guy esteja.
    Continue a torcer por mim, minha linda, como eu sei que tu sempre fazes. Grata pelas palavras afetuosas de sempre lá no meu cantinho.
    Um beijo carinhoso do meu para o teu coração,
    Leninha

    ResponderEliminar
  68. Mi muy querida amiga CEU.

    Como me comentaste en mi blog acerca del temor a volar, hoy te dejo esta antigua y muy canción italiana para que la oigas y la cantes. si veras desaparecer el temor como por arte de magia.

    Un inmenso abrazo

    http://musica-italiana.blogspot.com/2011/02/volaretraduccionespanoletraducidanelblu.html


    Acho que um sonho como este não acontecerá de novo

    Onde pintava minhas mãos e meu rosto de azul

    E de repente o vento rapidamente me carregou

    E me fez voar no céu infinito

    Voar! oh oh

    Cantar! oh oh

    No céu, pintado de azul

    Esta sugestão está correta?
    Você pode votar ou sugerir uma melhor
    x

    Feliz por estar lá em cima!

    [Anônimo]

    Participe das traduções do Vagalume!
    Acesse para sugerir e votar nas melhores traduções!Acesse »
    Feliz por estar lá em cima!

    E voando, voando feliz

    Eu me encontro mais alto

    Mais alto que o sol

    E ao mesmo tempo em que o mundo

    se afastava lentamente de mim

    Uma música doce

    tocava somente pra mim

    Voar! oh oh

    Cantar! oh oh

    No céu, pintado de azul

    Feliz por estar lá em cima!

    ResponderEliminar
  69. Boa tarde, CÉU, que belo poema fizestes e tivestes muito bom gosto na escolha da canção e vídeo!
    És uma divina e hábil Mestra com as palavras, tua sensibilidade nos encanta e desperta em nós uma chama, acreditando que o amor ainda merece nossa atenção!
    Que bom que consegui chegar, apesar dos tropeços, para admirar mais um maravilhoso texto-poema, que magnificamente elaborastes.
    Parabéns, CÉU, para ti, o céu não é o limite, extrapolas o limite da imaginação, amiga!
    Felizes dias, abraços carinhosos
    Maria Teresa

    ResponderEliminar
  70. Olá amiga! Passando para te cumprimentar e me deliciar com a leitura deste teu belo, profundo e sensual poema, com ênfase para a estrofe abaixo:

    Paras, e começas a analisar e a radiografar bem o meu olhar
    como que pedindo autorização para a penetração
    mas agora sou eu quem te agarra a cabeça
    puxando-te para cima, beijando-te sofregamente.
    Agora sim! O beijo é mais demorado e mais aprofundado
    e a minha língua gosta de ser provada e aprisionada
    na tua boca, que a sabe saborear e refrescar
    de maneira que, não se importa nada de para lá se mudar.

    Lembrei-me de que, quando muito jovem, beijei uma namorada sugando-lhe a língua e, após o beijo a mesma começou a chorar, achando que iria engravidar. Rsrs.

    Beijos,

    Furtado

    ResponderEliminar
  71. Olá querida amiga Céu, como estás?
    Comigo td razoável e com esperança de dias melhores no ano que se aproxima.
    Quanta inspiração no seu poema, achei excitante, provocante, sensual, o ato de fazer amor é tão sublime e o seu poema descreve delicadamente a paixão dos amantes, adorei.
    Te desejo uma excelente semana!
    Beijos.

    ResponderEliminar
  72. Cuanto amor y cuanta intensidad...muy bueno amiga

    Besos.

    ResponderEliminar
  73. Ahhhh a lua... sempre intensificando paixões e inspirando...
    A música do seu vídeo me lembrou uma novela que assisti ainda quando moleca (nunca mais acompanhei novela depois dos 16 anos. Com trabalho e estudo, comecei a ficar tanto tempo fora de casa...)
    Lindo dia para você, querida Ceu!
    Abraços esmagadores.

    ResponderEliminar
  74. Boa tarde, querida Céu, beleza ímpar música e poema. Seu poema nos descreve o ato sexual com maestria, com muita volúpia,mas sem deixar de fora a sensibilidade. Paixão, cheia de fogo, espera para enfim a explosão de muita emoção contida. Belíssimo! Grande abraço!

    ResponderEliminar
  75. Boa tarde Céu.
    Vim ler os seus poemas sempre é algo bom.Seus poemas é o máximo junta sensualidade, amor, paixão e narra nos mínimos detalhe esquentando o desejo rsrs. Agora entendir porque o seu blog chama-se céu rsrs. Estou brincando amiga. Mas uma vez um poema muito bom e a música junta faz um ótimo complemento. Dias felizes. Enorme abraço.

    ResponderEliminar
  76. Tu poema es el lenguaje integral del amor: ternura pasión, erotismo y sutileza. Una lección de entrega en el amor. Delicia hedonista del verfso. UN abrazo. carlos

    ResponderEliminar
  77. Mi niña, lo tuyo es una pasión desbordada hecha poesía ¡bendita imaginación!
    Ese encuentro amoroso tan detallado, despierta mis recuerdos de un amor que ya no está y la nostalgia ocupa su lugar.
    Los temas que tratas en tus poemas, atraen, el amor es universal y una de las razones por las que merece la pena vivir.
    Ha sido un placer venir a visitarte, siempre tus letras transmiten cariño, ternura, pasión, emoción y todo tipo de sentimientos relacionados con el verbo amar.
    Te dejo un abrazo muy fuerte con los cariños de
    Kasioles

    ResponderEliminar
  78. Olá amiga Céu, hoje passo para ler essa sua melodia quente e muito sensual e (tão sua). Fico sempre maravilhada, com a sua escrita pois as palavras estão de tal modo em fila, que se puxam umas ás outras. Obrigada amiga pelo carinho lá no meu canto. Andei a dar voltas ao meu baú e encontrei o que hoje publiquei. Talvez um dia a escrita seja mais animadora, mas só o tempo o dirá. Beijinhos com muito carinho

    ResponderEliminar
  79. OI CÉU!
    TE DEIXO HOJE MEU ABRAÇO.

    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  80. Céu minha querida obrigada pela compreensão....pelas palavras...eu continuarei seguidora aqui desse espaço de poemas tão intensos, que podemos sentir todas emoções somente lendo linha a linha...parabéns amiga...vc sempre surpreende!!! bjucas carinhosas pra vc!!!

    ResponderEliminar
  81. Mas que coisa, Céu!!! Impressionante tamanha imaginação e capacidade de descrever de uma maneira tão poetica um acto que, na verdade tem de ser poético Bem... não sei se alguém consegue pensar em letras bem alinhadas num momento louco destes, mas no fim, se o sono deixar, pelo menos um versinho sai. Mas, para continuar, teria que copiar o que a nossa amiga Ana Carolina escreveu e não vale a pena; ela disse tudo. Não tens receio, como disse ela, de que um /a dos teus leitores saia desenfreado de casa ou do trabalho e cometa uma loucura? Olha....não duvido nada. Amiga, parabéns por tamanha capacidade em usar as palavras e tudo de bom, sempre com muito amor à tua volta. Beijinhos
    Emilia

    ResponderEliminar
  82. Amiga Céu,eres muy joven,pero tus poesias parecen salir de los sentimientos de una persona muy mayor.
    La musica siempre a acompañado a la humanidad



    UN FUERTE ABRAZO

    ResponderEliminar
  83. Ausente del cielo es título de tu blog, pero creo que estás muy dentro del amor y en el amor está el cielo.
    Preciso, largo, bien mantenido a un ritmo sensual intenso.
    Un abrazp.
    Ambar

    ResponderEliminar
  84. Passei para lhe desejar um bom fim de semana.
    Apesar da chuva...
    Um beijo, querida amiga Céu.

    ResponderEliminar
  85. Boa noite Céu, claro que tinha foto, A senhora tem o perfil do blogger, agradeço as suas palavras e lhe desejo um fim de semana maravilhoso.Há também li o seu poema ou o ninho de amor. Bjinho.
    António.

    ResponderEliminar
  86. Cada poema maravilhoso, eu fico apaixonada quando leio seu blog e escuto suas canções. ^^
    Estou muito feliz que esteja bem e continue sempre postando e visitando meu blog.
    Beijos. ♥

    Diário da Lady

    ResponderEliminar
  87. Olá Céu, como vai?
    Vim conhecer o seu cantinho e ao chegar aqui, me encantei e apreciei seu belo poema!
    Você é uma poetisa nata, tem o dom de encantar as pessoas com palavras tão bem delineadas! Parabéns!

    É sempre muito gratificante conhecer novas amigas que possuem tanto talento e conseguem nos emocionar apenas com escritos...
    Difícil até de tecer um elogio! É tudo muito bonito!!
    Agradeço a presença lá no meu cantinho, no Brasil!
    Digo que foi muito bom para mim atravessar o Atlântico e navegar em mares antes desconhecidos!!

    Desejo um final de semana maravilhoso! :))
    Beijos!!

    ResponderEliminar
  88. Obrigada pela visita ao Jardim e pelos comentários lá deixados. O seu poema dispensa comentários, está cheio de sensualidade e erotismo. O desejo, a vontade de agradar e de dominar bem descritas. Um bom fim de semana, Céu.

    ResponderEliminar
  89. Bom dia, querida Céu.
    Estou muito feliz com sua visita e comentário. "Meu Segredo" é letra de uma amiga, que escreve poesias. Até tenho mais alguns poemas dela em meus arquivos.
    Então também canta? Mulher que canta dobra seu encanto. As mulheres tem algo mágico na voz e cantando se tornam irresistíveis!
    Estive lendo mais alguns trechos de seu poema. Na verdade admiro seu modo de escrever; objetiva, realista, porém bastante poética. É relativamente fácil escrever versos de amor, mas suas poesias trazem algo mais: sensualidade, amor e prazer, descrito em belas rimas!
    Por aqui estamos vivendo o verão, mas no sul, onde moro, ainda temos dias de frio; hoje é um deles!
    Torno a agradecer sua amável presença e desejo um domingo agradável!
    Beijos!

    ResponderEliminar
  90. Pasiones encendidas para nunca olvidar.

    Besos.

    ResponderEliminar
  91. Querida amiga Céu estou hoje como o tempo, embrulhado pelo manto de nuvens que vêm do sul e sobem pelos céus tampando a luz do dia, detesto estes dias pequenos! mas acho que o frio faz falta, porque o verão é tao longo que tememos que o pais se transforme num deserto e que apareçam camelos pelos campos !
    também acho surpreendente esta cor cinzenta que tudo cobre e que vejo pela janela da sala!
    é poético também!
    o fim de semana está a terminar, amanhã regressamos ao trabalho que também faz falta !
    abraços amiga
    deixo-te um beijão
    Angela

    ResponderEliminar
  92. Inspiração a flor da pele!!!!
    Boa semana!
    Um beijo

    ResponderEliminar
  93. Te dejo un abrazo.
    Mis mejores deseos.

    ResponderEliminar
  94. Pois é... Ditadores também morrem. Vão prestar conta "en el paredon" da eternidade.

    Um abraço e uma buena semana.

    ResponderEliminar
  95. Não é o ùltimo ,ainda há outros ditadores e com uma atitude mais cruel que Castro.

    ResponderEliminar
  96. Saudades de a ler em publicação nova? Quando "nasce"?
    .
    Deixo um abraço

    ResponderEliminar
  97. Voar assim por este céu
    Nem seria preciso asas
    Neste constante apogeu
    Deixando tudo em brasas…

    Beijos

    ResponderEliminar
  98. Hola Cielo, aquí me tienes de nuevo para visitarte y comentarte tus lindas poesías.
    La de esta entrada me ha encantado, es sensible y erótica a la vez, veo que escribes igual que antes, me ha encantado lo que has escrito.
    Como dices en tu comentario ahora me siento mejor, aunque un poco delicada aún,
    Ya sé que todos estáis conmigo y os lo agradezco de corazón.

    ResponderEliminar
  99. É amiga! Foi-se o Fidel. Que DEUS o tenha num bom lugar e ilumine seus passos por toda a sua trajetória. Acredito que não devamos comemorar, mas também acho não ser motivo para choro nem vela.

    Beijos,

    Furtado.

    ResponderEliminar
  100. Mi muy querida CEU.

    Cuando expresas con delicada sensualidad aquello de ver por primera vez aquellos pechos pequeños y brillantes y las manos que tocaron los pezones asomados, das un sentido bello muy bello a los poemas de amor.

    Me encanta visitarte.

     

    ResponderEliminar
  101. A paixão no seu expoente máximo. Um mar alteroso que não se contém nas suas margens.
    E as suas palavras, Céu, aqui, a dar corpo a tantas emoções.

    Muito obrigada pela sua visita. Vou estar ausente durante duas semanas.

    Bjs

    Olinda

    ResponderEliminar
  102. CÉU, vim agradecer o teu carinho lá com o meu niver! Obrigadão de coração! um beijo,tuuuuuuuudo de bom,chica

    ResponderEliminar
  103. Bom dia minha querida!
    Vim deixar meu carinho e meu abraço.
    Feliz quarta!

    ResponderEliminar
  104. Oi Céu passando para agradecer a sua sempre presente
    visita lá na casa mesmo eu estando ausente do blog.
    O que dizer dos seus poemas sempre instigantes.
    Abraços
    janicce.

    ResponderEliminar
  105. Olá querida amiga, tudo bem?

    Quer dizer que em Portugal o tempo anda gelado? Eu confesso que só gosto do inverno para dormir, mas dias frios não são agradáveis pra mim. Sou muito mais do verão, gosto de sol, nada em exagero é claro.

    Mudando de assunto por aqui no Brasil o clima é de bastante tristeza e comoção pelo trágico acidente de avião que infelizmente ocorreu com o time de futebol da Chapecoense, triste demais. Acidentes acontecem e quando são de grandes proporções como este geram uma tristeza coletiva. Que Deus possa confortar as famílias que perderam os seus entes queridos, é tudo o que desejo nesse momento.

    Te desejo uma ótima quinta-feira e término de semana!

    Beijos.

    ResponderEliminar
  106. Hola CÉU!!!

    Paso a dejarte un fuerte abrazo lleno de cariño y amistad y agradecer tu muy apreciada huella.

    Estoy ausente un tiempo, pero no me olvido de todos amigos/ as que quiero con el alma en la mano.

    Te dejo mi gratitud e inmensa estima.
    Un beso y se muy feliz.

    ResponderEliminar
  107. Olá Céu, antes de mais obrigada pelas palavras nos meus textos. Hoje, finalmente, tive tempo de ver a sua escrita. Gostei da forma como passa a mensagem. Leitura interessante e apelativa.
    Já agora, um bom fim-de-semana.

    ResponderEliminar
  108. Bom dia, querida Céu.
    Escrevi um comentário elogiando seu poema e agradecendo sua visita. Também fiz algumas considerações sobre seus dons de cantora e bailarina.
    Teno dúvidas se o texto foi salvo em sua página, pois teve uma queda de energia quando fui publicar.
    Espero que tenha recebido! Bom fim de semana!
    Beijos!

    ResponderEliminar
  109. Bom dia e bom domingo, querida Céu.
    Não lembro exatamente o que escrevi no comentário que foi "perdido". Só lembro que, além de elogiar suas qualidades de escritora e poetiza, fiz referencias aos seus dons de bailarina e cantora. Este encanto que as mulheres exercem nos homens, é citado até na Bíblia. A filha de Herodíades agradou tanto o Rei com sua dança, que ele ofereceu metade de seu reino para ela.... Acho que deve ter algum fundo de verdade na lenda das sereias, que fascinavam os homens com seu canto, deixando-os loucos!
    Por aqui, sul do Brasil, o tempo continua nós surpreendendo. Temos dias de sol e temperaturas de 30 graus e outros de chuva e frio, com temperaturas de 10 graus.
    Gostei do pequeno poema que me enviou. Para os poetas, as flores falam, conversam com as nuvens, entendem o canto dos pássaros. Aqui temos um cantor famoso em todo mundo, e você já deve ter ouvido falar dele: Roberto Carlos. Certa vez perguntaram para ele. porque ele não gravou a música "As Rosas não Falam", da autoria de um poeta e cantor chamado Cartola. Roberto respondeu: Não gravei porque acho que elas falam!
    Continue escrevendo, dançando e cantando, querida amiga!
    Um feliz mês de dezembro!
    Beijos!

    ResponderEliminar
  110. E cá estou novamente encantando-me com mais este teu belíssimo e intenso, tanto quanto sensualíssimo escrito, agradecido por compartilhar teu intenso pensar, que nos faz se deixar embalar por este teu intenso modo de expressar em palavras tão intenso pensar. Grato também por lá sempre deixar teu gostar, e preocupação com meus próximos, agradecido deveras CÉU. Parabéns por mais este belo escrito compartilhado cá com os amigos, abençoados dias pra todos, abraços!

    ResponderEliminar
  111. Olá, Céu!
    Finalmente passando por aqui, depois de uma prolongada ausência da minha parte!...
    Mais um trabalho ardente e apaixonante... que nos aprisiona na sua leitura... imparável e compulsiva... assim que começamos a ler as primeiras palavras!...
    Extraordinário, como sempre, Céu! E acompanhado de uma soberba escolha musical!
    Pois é, Céu, estive bastante ausente, por vários motivos... primeiro uma distensão muscular durante algumas semanas, que me obrigou a estar menos tempo ao computador, enquanto ia recuperando, aos poucos... depois o falecimento inesperado da mãe do Jorge... e com todos estes acontecimentos stressantes as defesas da minha mãe foram-se um pouco abaixo, por estes dias... talvez também como resultado de ter levado a vacina da gripe, ainda há relativamente pouco tempo... mas já está recuperando... e bem mais activa... e assim que estiver operacional... mais um check-up, a aguarda, para ver se já está tudo bem...
    Assim com o meu tempo mais condicionado, e a minha menor disposição... não tenho conseguido visitar todos os blogues, conforme gostaria, e com a atenção que me mereceriam!...
    Espero ir conseguindo fazê-lo aos poucos nas próximas semanas... há medida, que tudo vá entrando novamente nos eixos, por aqui...
    Um beijo imenso, agradecendo a atenção e a preocupação, Céu!...
    E esperando que tudo esteja bem, igualmente, aí desse lado... e continue uma boa recuperação dos seus movimentos... por estes dias, também senti na pele, o quanto estas situações são dolorosas e demoradas... mas aos poucos... já tudo a ir novamente ao sítio, felizmente!...
    Boa semana!
    Ana

    ResponderEliminar
  112. Olá, como se sente a Céu? comigo tudo bem. gosto muito da música do blog. não a conhecia, mas gosto da voz, de tudo. Existem pessoas que dizem mal dele, nos Cafés, na rua, segundo me tenho apercebido. Não ligo muito a política, mas gostava dele, acho que fez o melhor para segurar o país dele. Diz a minha mãe que em antes de ele morrer se podia andar à vontade em Cuba e que agora pode tudo mudar para pior, por lá....é essa a minha análise. beijos e uma boa semana. um abraço

    ResponderEliminar
  113. A morte vence sempre, a tudo e a todos.
    Boa semana, querida amiga Céu.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  114. Olá Céu!
    Obrigada pela visita e comentário deixado em meu espaço.
    Que Deus a abençoe e lhe dê um Feliz Natal e um 2017 repleto de realizações.
    Bjs com carinho.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  115. Mi muy querida amiga CEU :

    Estamos sincronizados.

    Acabo de publicar en mi blog mi escrito "El amor es una promesa" y vuelvo a tu blog y veo el titulo de la hermosa canción que publicas " The power of love"

    Te aprecio mucho y me encantaría ver pronto tu visita y tus nuevos posts.

    ResponderEliminar
  116. Olá Céu, querida!
    Que delícia de texto. Quanta intensidade!
    Essa atração e essa conexão entre os corpos unidos pela paixão é um momento de êxtase. Principalmente quando existe essa entrega plena, quando os corpos simplesmente se reconhecem e se completam.
    Adorei! Só posso te parabenizar e torcer para que um novo texto não tarde.

    Beijo grande!
    Blog: *** Caos ***

    ResponderEliminar
  117. Bom resto de semana, Céu! Aguardo o próximo post.

    ResponderEliminar
  118. Bom dia, Céu!
    Que seu dia seja maravilhoso!!!
    Abração esmagadinho.

    ResponderEliminar
  119. Querida deusa das palavras, quando volto a ler os teus textos só penso que escolheste bem esse "ausente do céu"! como imagino que São Pedro não quereria lá obras dessas, com o perigo de encontrar as alminhas lá no alto desviadas da sua contemplação e mergulhadas num turbilhão de dúvidas terrenas !
    beijinhos Céu, bom mês de dezembro para ti
    Angela

    ResponderEliminar
  120. Céu, agradeço por toda a força que sempre me destes ao longo deste tempo de convivência, e desejo que o teu Natal seja o melhor de todos já vividos por ti.
    A Aninha continua a ser aquela pessoa linda, de coração aberto, e nesta época, além de se portar como uma criança feliz, curtindo o Natal com todas as coisas boas que ele oferece, também está vivendo um momento de intensa felicidade amorosa. O que me deixa muito feliz, pois se existe uma pessoa no mundo que merece ser feliz, com toda a certeza é essa irmã/cunhadinha que Deus colocou na minha vida. Os comentários que ela me deixa são sempre bem humorados, cheios de uma ternura que sinto, mesmo que ela a camufle entre as gozações, rs.
    Vou continuar caminhando... Não há como deixar de o fazer! O Natal deste ano perdeu muito do seu brilho no meu coração. Tinha feito uma mensagem de texto para deixar no blog, mas resolvi não postar, pois é uma época em que as pessoas estão mais voltadas para o próprio espírito de Natal e não iriam curtir nenhuma lamentação. Aliás, chega de lamentações... Por isso, organizei um mosaico com a foto de todos, e aqueles que não possuíam nenhuma foto fiz questão de colocar o nome numa paisagem. Simples, humilde, mas foram belos os momentos que vivi organizando tudo. Enfim, acredito que seja mesmo uma despedida do blog, pois em Janeiro pretendo viajar com mãe Cidinha para mostrar-lhe alguns países da Europa que ela sempre se recusou a conhecer por ter medo de viajar de avião, rs. Consegui convencê-la, e iremos as duas passear. Se voltamos ou não... Isto é uma outra história.
    Meu carinho, Céu, num beijo no teu coração,
    Leninha

    ResponderEliminar
  121. Olá Céu.
    Passei, revi, reli e um beijo em teu coração deixo com carinho. Que tenhas um belo domingo.

    ResponderEliminar
  122. Bom dia, querida Céu.
    A história está cheia de referencia às mulheres, responsáveis por fascinarem os homens. Por aqui tem um compositor que escreveu a letra para uma música, relatando isto. Seu nome: ZÉ RAMALHO, e a música, MULHER NOVA, BONITA E CARINHOSA. Estou anexando o link do vídeo original, porém não tenho certeza se você vai conseguir ver. Me avise, então faço uma postagem em meu blogue.

    https://www.youtube.com/watch?v=as7w2h5p9Yo

    Alguém disse, só não lembro quem, que todo o progresso existente na humanidade, é consequência das mulheres. Os homens jamais iriam trabalhar, inventar e progredir, se não fosse para "agradar" suas companheiras...e assim estaríamos vivendo como nossos antepassados da idade da pedra.

    Quanto ao nosso clima, continua bem variado. As vezes muito calor, outras frio, mas temos que aceitar, pois nada podemos fazer!
    Agora entendo porque escreve bem: Você lê Fernando Pessoa e seus heterônimos. Este poeta é um exemplo a ser seguido, para quem gosta de poesias!
    Tenho certeza que fará um belo poema neste fim de ano, e terei muito prazer em ler e me emocionar com seus versos!
    Boa semana!
    Beijos!

    ResponderEliminar
  123. Olá Céu....Espero que esteja bem. Mesmo distante mas sempre no pensamente, e isso é que importar pois tudo que tem bom começo está sempre presente na nossa vida. Assim é a nossa ligação blogueira amiga. Menos assídua nas redes sociais mas sempre que aqui venho encontro boas novidades e encantadores textos e poesias. Abraços agradecidos e boas festas de fim do ano. Bjus.

    ResponderEliminar
  124. Boa noite, querida Céu!
    Sem palavras para expressar tanta emoção ao ouvir e ler a letra de tão belo poema.
    Simplesmente apaixonante, ouvir sobre e sentir tanta sensibilidade postada aqui. um presente repleto de
    amor, coragem e paixão. Obrigada por compartilhar conosco tanta emoção! Obrigada pela visita e comentário! Beijos!

    ResponderEliminar
  125. Olá querida amiga Céu, tudo bem?

    Por aqui tudo razoável, vamos vivendo e tentando superar as adversidades. Tenho a esperança de um ano novo muito melhor do que este ano de 2016, que foi um ano bastante complicado pra mim.

    Aqui no Brasil faz bastante calor e todas as tardes temos as temidas tempestades de verão. Amiga, acho que não se lembra, mas eu já comentei o seu post no dia 21/11. Dá uma olhada nos seus comentários...rs! Dessa bronca eu escapei...hehehe! Ah, tem post novo no meu blog.

    Te desejo uma ótima semana!
    Beijos.

    ResponderEliminar
  126. Gostei de reler.
    Tenha uma boa semana, querida amiga céu.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  127. Olá querida poetisa Céu!!
    Li seu poema anterior a este que é belíssimo, e deixo minhas impressões aqui pois é tão maravilhoso quanto!
    Você é muito talentosa na arte das palavras pois trata a sensualidade de uma maneira terna e delicada...
    É difícil conseguir isso e você tem esse dom muito nobre!!

    Todos os seus poemas são fascinantes e algo me põe curiosa: de onde advém tanta inspiração?
    Tudo é muito bonito e suave, parabéns!!

    Agradeço a visita carinhosa que fez em meu cantinho por ocasião da festa da minha Vovozinha...
    Estou um pouco assoberbada neste final de ano e o último post dediquei completamente a ela que é muito importante na minha vida.
    Fiquei muito feliz e lisonjeada com suas palavras de carinho, muito obrigada!!
    Desejo uma semana maravilhosa, com todo o amor e a poesia do mundo!!
    Beijinhos e carinhos! :))))

    ResponderEliminar
  128. Mi muy querida amiga CEU :

    Cuando escribes sobre el cuerpo inerte que se entrega con entusiasmo me acordaste de la historia de una pareja que era tan fría que cuando registraba tal suceso este se presentaba durante un temblor de tierra.

    Abrazo inmenso!!

    ResponderEliminar
  129. Boa semana, minha amiga; continuamos aguardo o próximo post, nosso presente de Natal! :)

    ResponderEliminar
  130. Oi querida Céu, boa tarde! Hoje o dia é seu, te dou de presente, com um sol iluminado, resplandescente, caloroso, brilhante, todo seu! Mas está mesmo um dia lindo, bella! Claro que lembrei de você e, aproveitei, para chegar até aqui e dar-te um beijinhos e um abracinho.
    Xau querida!

    ResponderEliminar
  131. De visita aos amigos dos blogues, deixo um miminho à nossa querida poetisa das paixões arrebatadoras :) que a semana seja feliz para ti Céu, Lisboa também se veste de Natal, vi algumas bonitas imagens, mas habitualmente não visito a capital nesta altura do ano, até gostaria de subir para o Alfa e cá vou eu !
    mas tenho de esperar pela primavera !
    abracinhos natalícios
    Angela

    ResponderEliminar
  132. Bom dia, querida amiga, Céu.
    É claro que todos temos defeitos e as mulheres não fogem a regra. Mas, as vezes é exatamente estes defeitos que tornam as mulheres mais fascinantes. Dizem que uma mulher sem defeitos, só serve para tirar fotografias; e ninguém vai querer amar uma fotografia!!!
    Vou postar em meu blog o vídeo e a letra da música de Zé Ramalho.
    E por falar em música, fiz três novas. Ainda não gravei, mas espero postar uma até o fim da semana! Todas as letras me foram enviadas por amigos. A única letra que fiz, foi uma versão em português para a música MALAGUEÑA SALEROSA, melodia que aprendi quando era criança, e não encontrei letra em português!
    Agradeço o carinho de sua visita e desejo um fim de semana agradável!
    Beijos!
    PS. Vou postar o vídeo de Zé Ramalho hoje a noite...

    ResponderEliminar
  133. Boa noite Céu.
    Tive que fazer duas postagens sobre a música Mulher Nova, Bonita e Carinhosa. Primeiro coloquei a letra e depois o vídeo e achei que Zé Ramalho cantava aquela letra. Depois achei um vídeo com a cantora Amelinha.
    Fico muto feliz por gostar, querida amiga. Na última estrofe, o autor fala de um famoso "bandoleiro" que existiu no Brasil nos anos 1920, 1930. Seu apelido era Lampião. Temido em todo o nordeste brasileiro. Era semelhante à "Robim Hood"...Roubava dos ricos e dava aos pobres! Porém, Maria Bonita, uma linda morena, conquistou o coração daquele homem e viveu muito tempo a seu lado!
    Vou postar um vídeo que fiz a umas duas semanas passadas. É de uma letra da mesma autora do "Meu Segredo".
    Agradeço sua amável presença!
    Beijos!

    ResponderEliminar

NOTA

ESTE BLOGUE FOI CRIADO A 14 DE FEVEREIRO DE 2015

Número total de visualizações de página


Quiero uno en mi blog

ACORDE, PARA O ACORDO!

ACORDE, PARA O ACORDO!